Esta página é o instrumento de comunicação e divulgação dos trabalhos e pesquisas do grupo de pesquisa Meio Ambiente: Sociedades Tradicionais e Sociedade Hegemônica, do Programa de Pós-graduação em Direito Econômico e Socioambiental, da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, na Linha de Pesquisa Sociedades e Direito. 

Lançamento do livro

"Os direitos dos povos indígenas no Brasil: desafios no século XXI" 

(clique na imagem ao lado para baixar) 

Esta obra teve seus artigos produzidos a partir de discussões iniciadas no ano de 2009, no âmbito de projeto de pesquisa “Os direitos dos povos indígenas no Brasil: os principais problemas e desafios a serem enfrentado no século XXI”, sob a coordenação do professor Carlos Frederico Marés. 

O projeto contou com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq. O objetivo central do projeto de pesquisa proposto foi analisar criticamente a legislação brasileira sobre os direitos dos povos indígenas, assim como identificar os principais problemas enfrentados pelos indígenas do Brasil, apontando os desafios lançados ao Poder Público no sentido de promover a proteção do direito à terra que tradicionalmente ocupam, sua organização social, seus costumes, línguas, crenças e tradições, conforme estabelece expressamente a Constituição Federal de 1988.


Livro registra história de posseiros no Centro-Sul do Paraná

O livro "Memórias dos Povos do Campo: Cultura e Conflitos Sociais no Centro-Sul do Paraná", que conta a história da luta fundiária de posseiros de Pinhão e Palmas, foi lançado dia 26 de julho, na comunidade de Faxinal dos Ribeiros, em Pinhão. (Fonte: ITCG)

Para ver a notícia: clique aqui.

Para acessar o livro: clique aqui.

Localizado e disponibilizado o Relatório Figueiredo em sua versão integral

O documento, que ficou oculto por mais de 40 anos, expõe violência extrema contra povos indígenas e práticas corruptas de integrantes do Serviço de Proteção aos Índios (SPI).

O relatório pode ser visualizado sem a necessidade de baixar arquivos, ou mesmo baixa-los individualmente, aqui.

Saiba mais sobre o Relatório Figueiredo aqui.

No último mês de outubro, 11 integrantes do grupo de pesquisa Meio Ambiente: Sociedades Tradicionais e Sociedade Hegemônica participaram ativamente do VIII Congresso da Rede Latinoamericana de Antropologia Jurídica, em Sucre, Bolíva. Os participantes foram: Carlos Frederico Marés de Souza Filho, professor da PUCPR; Danielle de Ouro Mamed, doutoranda PUCPR; Caroline Nogueira, doutoranda PUCPR; Andréia Mendonça Agostini, mestranda PUCPR; Raul Bergold, mestrando PUCPR; Diogo Andreolla Serraglio, mestrando PUCPR; Francine Castro do Vale, pesquisadora PIBIC PUCPR; Lucas Guarda, pesquisador PIBIC PUCPR; Camila Lemos, pesquisadora PIBIC PUCPR; Bruna Maria Mazzeo, pesquisadora PIBIC PUCPR; Manuel Munhoz Caleiro, mestrando pela UNAERP.

No referido evento ocorreu a assembléia dos membros do RELAJU, onde decidiu-se que no ano de 2014 o XIX Congresso Internacional da Rede Latinoamericana de Antropologia Jurídica será no Brasil, possivelmente em Brasília. Também ficou definido que em 2013 será realizado em Curitiba um pré congresso, na PUCPR, sendo que o professor Carlos Frederico Marés de Souza Filho faz parte do grupo de coordenação do próximo Congresso.