VI Congresso Brasileiro de Direito Socioambiental

.

9 a 12 de maio de 2017

.

Pontifícia Universidade Católica do Paraná

Rua Imaculada Conceição, 1155, Prado Velho

Curitiba, Paraná, Brasil

.

Comissão organizadora

Carlos Frederico Marés de Souza Filho
Heline Sivini Ferreira
Bruna Balbi Gonçalves
Manuel Munhoz Caleiro

.

Percebendo que o racionalismo do sistema econômico hegemônico excluiu do modelo de desenvolvimento adotado pela modernidade os povos e a natureza, assim como os conhecimentos tradicionais resultantes da interação entre eles, o Congresso Brasileiro de Direito Socioambiental tem relevância científica na medida em que se propõe a debater a necessidade de resgatar a relação de solidariedade outrora existente entre as sociedades humanas e meio ambiente natural, enfrentando academicamente os principais desafios interpostos à integração global entre povos e natureza.

.

Busca-se não somente aprofundar o tema no Programa de Pós-Graduação em Direito da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, fortalecendo em especial as atividades de pesquisa e extensão desenvolvidas no âmbito da Linha de Pesquisa Sociedades e Direito, mas também promover, de forma mais ampla, o debate entre docentes, pesquisadores e estudantes de graduação e pós-graduação sobre questões centrais que guardam relação direta com o agravamento da crise socioambiental na modernidade.

.

O evento pretende instigar o debate científico e acadêmico sobre questões que se encontram diretamente vinculadas ao embate entre o Estado e as Sociedades, estimular a produção científica de Grupos de Pesquisa que atuam nas diversas áreas relacionadas ao socioambientalismo através da elaboração e apresentação de artigos que serão posteriormente publicados em anais, fortalecer as atividades de pesquisa desenvolvidas pelo Grupo de Pesquisa Meio Ambiente: Sociedades Tradicionais e Sociedade Hegemônica (PPGD/CNPq), assim como a integração entre seus membros, promover a integração entre docentes, pesquisadores e estudantes das mais diversas áreas do conhecimento e instituições de ensino superior mediante a troca de conhecimentos e experiências, o que certamente contribuirá para o aprofundamento e a compreensão de temas fundamentais ao estudo do socioambientalismo.

.